HINARI em Português

Todos os PALOP (Países africanos de língua oficial portuguesa) e Timor Leste possuem instituições registradas no programa HINARI, com acesso gratuito a mais de 15.000 fontes de informação nas área biomédica e de ciências sociais.

Treinamento HINARI em Moçambique

Moçambique já promoveu treinamento em mais de 10 instituições, com um total de 383 participantes.

Treinamento HINARI em Timor Leste

Treinamento HINARI em Timor Leste aconteceu em dezembro de 2011 em Dili, realizado pela Dra Regina Ungerer, coordenadora da rede ePORTUGUÊSe.

Destaques


Sobre o HINARI

O programa de acesso à rede eletrônica de pesquisa em saúde (HINARI) foi criado pela OMS em parceria com mais de 150 editoras e possibilita acesso eletrônico gratuito ou a baixo custo a uma das maiores coleções do mundo da literatura biomédica e de saúde. Mais de 8.500 revistas científicas e 7.000 livros eletrônicos (em 30 idiomas diferentes) estão disponíveis para instituições de mais de 100 países, regiões e territórios, beneficiando milhares de trabalhadores de saúde e pesquisadores e, assim, contribuindo para melhorar a saúde mundial.

Elegibilidade

Instituições locais sem fins lucrativos em dois grupos de países podem inscrever-se para o acesso às publicações por meio do HINARI.

As listas de países baseiam-se em três fatores: PNB – produto nacional bruto - per capita (dados do Banco Mundial), Lista dos países menos desenvolvidos de acordo com as Nações Unidas (LDCs) e Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Instituições em países com pelo menos um dos seguintes critérios podem ser elegíveis para acesso livre:

  • inclusão nos LDCs
  • IDH inferior a 0,63
  • PIB – produto nacional bruto - per capita igual ou inferior a US $ 1600

Instituições de países que não correspondam a pelo menos um dos critérios acima e com um PIB per capita inferior a US $ 5000 ou IDH igual ou inferior a 0,67 podem ser elegíveis para pagar uma taxa de US $ 1000 por ano.

Em relação aos países de língua portuguesa, fazem parte do grupo A (Acesso Livre):

  • Angola
  • Cabo Verde
  • Guiné-Bissau
  • Moçambique
  • São Tomé e Príncipe
  • Timor Leste

Registros

Instituições locais sem fins lucrativos dos PALOP (Países africanos de língua oficial portuguesa) e Timor Leste podem inscrever-se para o acesso às publicações por meio do HINARI.

Categorias de instituições registradas: universidades nacionais, institutos de pesquisa, escolas de nível superior (medicina, enfermagem, farmácia, saúde pública, odontologia), hospitais de ensino, órgãos governamentais e bibliotecas nacionais de medicina. Todos os profissionais e estudantes dessas instituições terão livre às publicações.

Treinamento

O curso compacto HINARI e o curso HINARI de treinamento para formadores em português estão online no site do Centro de treinamento e extensão da informação para a África (ITOCA).

Estes cursos são produzidos de forma a permitir que o aluno possa seguí-los em seu próprio ritmo, com duração total de 4-6 horas. Após a conclusão dos exercícios, os alunos receberão certificados.

Parceiros

HINARI é uma parceria público-privada patrocinada pela Organização Mundial da Saúde. Os parceiros reúnem-se regularmente para determinar o funcionamento e o desenvolvimento do programa.


Notícias

ITOCA (Centro Africano para treinamento e disseminação da informação) promoverá um curso à distância HINARI em inglês, francês e português de 1 a 30 de junho de 2012. O curso com a duração de 4 a 6 horas poderá ser feito de acordo com a disponibilidade do aluno.

Para receber um certificado ao final, é necessário completar os 22 exercícios e enviá-los ao instrutor no email: moodle@itoca.org. O curso poderá ser acessado do servidor moodle do ITOCA.

Give to HINARI

Contact HINARI

World Health Organization
HIS/KMS/LNK
HINARI
20, Avenue Appia
CH-1211 Geneva 27
Switzerland
Fax: +41 22 791 4150
hinari@who.int